quarta-feira, 4 de junho de 2014

O melhor barulho do mundo

A meio de trabalhos para a faculdade, apresentações e estudo para testes, o Duarte anda numa correria. Ontem à noite lembrei-o que também eu faço várias coisas em simultâneo e mesmo assim chego a casa e tenho as minhas tarefas, por isso, ele que não esquecesse as dele, nomeadamente a arrumação da cozinha.
A rir disse-me que ainda não tinha atingido a idade em que se consegue fazer várias coisas ao mesmo tempo... que ele era um totó e eu sim, um acumular de experiência, de conhecimentos e sabedoria...
Tentei atingi-lo com uma almofada e pelo caminho entornei um copo de água que rebolou sem que eu prestasse atenção ao barulho, pois nestas alturas só consigo ouvir as gargalhadas do meu filho.

Sem comentários:

Enviar um comentário