segunda-feira, 17 de junho de 2013

19 anos

O meu filho fez ontem 19 anos. Foi um dia muito feliz, com muitas migalhas pelo chão, devido aos quatro sobrinhos que por lá andavam a correr. Um deles, o mais novo, agarrou um copo com vinho branco e deu dois goles, antes que alguém lho tirasse das mãos. Na hora seguinte fez mais macacadas que o costume e deu gargalhadas até à exaustão.
A minha actual pré-nora esteve caladita, um dos meus cunhados deu à língua como se não existisse amanhã, os avós babavam-se em competição perante o neto aniversariante, que ia tirando fotografias aos avós com chapéus e óculos diferentes.
Quando o lanche acabou o Duarte e a namorada arrumaram tudo, varreram, lavaram, enquanto eu, estiraçada no sofá, conversava com eles.
Ao deitar ele veio dar-me um beijo e agradecer-me a festa. Agradeceu-me também o discurso, onde não esqueci os momentos menos bons do último ano, cuja culpa atirei para cima do Inverno prolongado.
Espero sinceramente que não chova durante muito, muito tempo.

Sem comentários:

Enviar um comentário